quinta-feira, 5 de maio de 2011

HOMENAGEM A MÃE: POR Pe. LÉO

http://presentepravoce.wordpress.com/2008/04/29/padre-leo-conta-a-historia-do-papagaio-marrom

(visitem este site, é ótimo )

Padre Leo Conta a estória do Papagaio Marrom.

Esta é a estória de tres filhos que competiam entre si para oferecer o melhor presente que podiam dedicar à sua querida mãezinha no seu octagéssimo aniversário, voce encontrará o texto do Pe. Leo em diversas palestras gravadas em CD’S e divulgados pela Canção Nova, aqui vou apresentá-la numa versão um pouco resumida e diferente, procure conhecer a original.

Palestras > Coletâneas


PADRE LEO

Padre Leo conta a estória de três filhos que ficaram multimilionários e queriam agradar sua octogenária mãezinha que faria aniversário no mês seguinte.

Após uma reunião de familia para organizar uma festa, cada um teve uma grande idéia, mas não quiseram compartilhar um com o outro, pois cada um queria dar-lhe o melhor presente, valorizando o esforço e dedicação que sua Mãe teve para cria-los dando lhes condições de agora serem bem sucedidos na vida e na sociedade.

O primeiro, decidiu comprar-lhe uma grande mansão, substituindo aquela casinha humilde que eles moravam desde criança, então buscou nas imobiliárias a melhor casa da cidade, a comprou e contratou um mordomo e empregados para cuidar da casa, porque afinal de contas sua mãe merecia muito mais.

O segundo, decidiu comprar-lhe uma limusine, com um motorista, para que pudesse levar sua mãe onde quer que ela quisesse ir.

O terceiro, foi um pouco mais além, não queria dar-lhe simplesmente um bem material, conhecendo bem a sua mãe, sabendo que ela era muito religiosa, rezava sempre, gostava muito de ler a palavra de Deus e com a idade avançada isto se tornara muito difícil para ela.

Ele havia ouvido falar que existia uma ave raríssima, “Um Papagaio Marrom”, que fora treinado por uns Monges Beneditinos que moravam num convento no alto de uma montanha e que esse famoso Papagaio Marrom sabia recitar a bíblia todinha de cor e salteado, era só dizer o capitúlo que ele recitava versículo por versículo.    Moveu mundos e fundos e se encheu de explicações e justificativas e foi buscar a tal ave maravilhosa.

cd

Lá chegando, se ofereceu para comprar o bichinho falador e estava disposto a pagar uma quantia generosa por ele, depois explicou seus grandes motivos, dizendo que sua mãe já estava velhinha, amava muito a Deus, foi fiel sua vida toda, já estava quase morrendo e blá … blá… blá…, Os Monges não queriam vender o Papagaio, diziam eles ser uma ave raríssima, que o amavam muito, levara anos treinando-o para que decorasse toda a biblia e que lhes faria muita falta agora que já se haviam apegado a ele, que era como uma pessoa que fazia parte da família, e blá… blá… blá…, realmente deu muito trabalho convencer aqueles monges, mas ele conseguiu. Trouxe então o bichinho falador, experimentando seus dotes e já o treinando para dar uma linda mensagem para sua mãe.

No dia do aniversário, toda os parentes e amigos estiveram presentes, uma grande festa, com banquete, missa, orquestra, homenagens e etc… cada um ofereceu seu lindo presente, se encheram de orgulho com a alegria de sua Mãe, mais o dia foi cheio, muitas tarefas, muitos parentes e amigos para conversar e depois deixaram sua mãe descansar.

No semana seguinte retornaram, para saber o que sua mãe havia achado dos maravilhosos presentes, e lhe perguntaram.

E aí mãezinha, o que achou do meu presente ?

Milton, Meu Filho Você gastou muito dinheiro, comprando esta casa enorme, muitos quartos, muitos empregados, isto dá muito trabalho… Para uma velhinha que mal anda do quarto para a sala. Achei muito bom, mas vou preferir morar em minha casinha mesmo.

Padre Léo - CD coletânea de Palestras

Marvim, Meu filho, para que aquele carrão, com aquele motorista paralisado, parece mais uma estátua de pedra. Já não tenho mais aonde ir, meus parentes e amigos já morreram quase todos e toda vez que preciso vocês me atendem, com carinho, dispensei o motorista e não vou usar aquele carro que só dará despesas.

Melvim, meu filho seu presente  realmente foi maravilhoso, você me conhece bem e soube escolher exatamente o que eu mais gosto,  já hávia muito tempo que não ganhava um presente tão bom como este, nunca comi um caldinho de frango tão gostoso como o daquele franguinho marrom.

Moral da História: A quem queriam agradar, à sua Mãe ou a si mesmos ? Agradar alguém e fazê-la totalmente feliz pode ser bem mais simples do que pode parecer !

http://presentepravoce.wordpress.com/2008/04/29/padre-leo-conta-a-historia-do-papagaio-marrom/  todos os direitos reservados

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O importante da amizade não é conhecer o amigo;
e sim saber o que há dentro dele!...

Cada amigo novo que ganhamos na vida,
nos aperfeiçoa e enriquece, não pelo que nos dá,
mas pelo quanto descobrimos de nós mesmos. Deixe aqui uma prova de sua amizade...

Total de visualizações de página